15 January 2010

67 - GORONGOSA - SUCESSO NA BTL




PARQUE NACIONAL DA GORONGOSA

GRANDE SUCESSO NA BOLSA DE TURISMO DE LISBOA


(Edição de 2010)




Como vem sendo hábito nos últimos anos, a representação de Moçambique na Bolsa de Turismo de Lisboa tem como principal atractivo o Parque Nacional da Gorongosa, o famoso santuário da fauna bravia que renasceu das cinzas depois de ter sido praticamente destruído durante o período da guerra civil que eclodiu pouco depois da independência do país em 1975 e que só terminou em 1992!

Este ano, para além da habitual representação integrada no pavilhão de Moçambique, os responsáveis do PNG trouxeram um fantástico documentário efectuado recentemente pela National Geographic Television, mostrando as suas potencialidades e contando a história do projecto da sua restauração que o filantropo americano Greg Carr ali vem desenvolvendo desde 2005 em parceria com o governo do país.

Numa primeira apresentação no passado dia 12, na Gulbenkian, o documentário, que tem o título "Africa´s Lost Eden" (O Paraíso Perdido de África), encantou os profissionais da comunicação social e outros convidados ali presentes, que não regatearam elogios tanto à qualidade deste trabalho cinematográfico (ao melhor nível da NGT), como aos responsáveis pela grandiosa obra de restauro em curso no Parque!

Na segunda apresentação, no passado dia 14, a que tivemos o privilégio de assistir, o pavilhão insuflável instalado no Auditório da BTL, pavilhão 3 da FIL, esteve repleto de convidados e, tal como na anterior exibição, foi precedida de uma cerimónia moderada pelo director da edição portuguesa da revista National Geographic, Dr. Gonçalo Pereira, em que o Embaixador de Moçambique, Dr. Miguel Mkaima e o financeiro Greg Carr, esclareceram os assistentes dos pormenores do Projecto e dos objectivos que ainda estão por atingir para devolver ao Parque as suas reais potencialidades faunísticas, o desenvolvimento de acções para elevação do nível de vida das populações periféricas e a criação de novos empreendimentos em infra estruturas que permitam receber turistas à escala dos melhores congéneres africanos.

Da intervenção do Embaixador, muito nos sensibilizaram as palavras elogiosas dirigidas a Portugal e aos dirigentes e trabalhadores portugueses que em boa hora criaram o Parque da Gorongosa e nele trabalharam afincadamente para o tornarem o melhor de África, garantindo que a obra ali feita e infelizmente destruída durante a guerra entre irmãos moçambicanos será continuada até se recuperar o prestígio mundial que alcançou antes da independência do seu país!

No final da projecção do belo documentário, foi dada a oportunidade aos convidados presentes para se pronunciarem sobre o mesmo e solicitarem esclarecimentos sobre questões relacionadas com o projecto de restauração do Parque, tendo Greg Carr e o Embaixador Dr. Miguel Mkaima elucidado os intervenientes sobre algumas questões pontuais que apresentaram.

Como já vem sendo hábito em anos anteriores desde que o Parque da Gorongosa se faz representar na BTL, ali estiveram alguns dos seus antigos funcionários (onde me incluo), todos unânimes na análise positiva que se fez sobre o trabalho até agora feito pelo Projecto de Restauração em curso. Para além desse reconhecimento, todos expressaram grande admiração pelo salvador do Parque, Greg Carr, que irradiou simpatia e elogiou o trabalho de todos sem excepção, conversando até em português que já vai dominando razoavelmente!

De salientar também a admiração que todos nutrem pelo nosso compatriota Dr. Vasco Galante, que é justamente conhecido como o braço direito do financeiro americano (embora não lhe agrade ser assim referenciado) e que nos habituou, como director da comunicação e do turismo do Parque, a vê-lo como um verdadeiro gentleman e um bom amigo!

Ficam os parabéns: a Moçambique pela política conservacionista que vem seguindo em relação aos recursos naturais em geral e à fauna bravia em particular; ao Projecto de Restauração do Parque e ao seu criador e financiador Greg Carr; aos colaboradores directos do mesmo Projecto que naquele lugar fantástico mas espinhoso para os humanos, estão a realizar um trabalho de restauro digno de muito respeito e admiração; ao Senhor Embaixador de Moçambique, que não regateia elogios ao nosso país e aos chamados "históricos" do Parque da Gorongosa, pela herança que legaram a Moçambique!


O registo fotográfico que se segue dá uma ideia do excelente ambiente vivido em redor do evento!



Dr. Gonçalo Pereira, moderador da cerimónia de apresentação do documentário


Dr. Miguel Mkaima, Embaixador de Moçambique em Portugal, no uso da palavra


Greg Carr, dirigindo-se aos presentes


Recanto da sala onde alguns "históricos" e "históricas" do Parque assistiram à projecção


Aspecto da assistência na parte direita da sala


Aspecto da assistência na parte central da sala



Outro aspecto da assistência


O simpático casal Gil isolado do nosso grupo! Ele pertence aos "históricos"!


A Lurdes (minha mulher) e a Drª Maria José Coimbra, nascida em Angola e grande amiga do PNG

O recanto da família Romão e amigos


Um convidado especial - o músico, compositor e cantor Rui Veloso,
grande amigo do Parque!

Greg Carr convivendo com os "históricos"!

Greg Carr conversando com o Dr. Manuel Romão, filho do primeiro administrador residente do PNG, Dr. Francisco Romão. À direita o "histórico" Luís Fernandes!


Uma foto com as "históricas" professoras do Chitengo, as manas Zilda e Inês Frias, Manuel Romão e Celestino Gonçalves
Outro aspecto da conversa animada com os "históricos"
Conversa amena entre Vasco Galante e os biólogos da Universidade de Aveiro (primeiro parceiro português do PNG) Dr. Nuno e Dr. Carlos Fonseca. Greg Carr dá atenção a outro grupo!
Celestino e Rogério Carreira, com Vasco Galante no final da exibição

Greg Carr com Celestino e Dr. Albano Cortez (Banito), um dos "históricos"que foi administrador residente do PNG em 1973


Celestino e Banito - uma amizade antiga!
Dr. Carlos Fonseca, Celestino e Dr. Vasco Galante
Greg Carr e Manuel Romão
Depois de sessão trocam-se impressões no recinto da BTL

O nosso grupo encaminha-se para o Pavilhão de Moçambique
Chegado ao Pavilhão de Moçambique o grupo posa para a "foto de família" com o amigo Vasco Galante

O Luís Fernandes troca impressões com a Lurdes e a Inês

O trio Banito, Celestino e Manuel Romão no Stand do PNG

Mais uma foto com o Banito!



Rogério (o popular Roger), comigo e Banito

Uma última fotografia de Greg Carr com Roger, Carlos Fonseca e Celestino


Saudações amigas!
Amor (Leiria), 15 de Janeiro de 2010
Celestino Gonçalves

7 comments:

DINIS MARQUES said...

obrigado Ti Celestino pela excelente reportagem.....evidenciam-se os seus principais gostos: fazer reportagens, com tudo muito bem explicadinho e com fotos anexas a comprovar o que se passou e depois.....a Gorongoza! Parabéns. Dinis

Antonio said...

Caríssimo Amigão Celestino
Sou o Diabinho.Lembra-se de mim?
Parabens e aquele abraço bem apertado.
Diabinho

Alberto said...

Amigo Celestino,

Palavras para quê.
Maravilhoso.Fantástico.
Parabéns,
Ambanine.
Grande abraço

Alberto Rodrigues (tomatinho)

CAZEVEDO said...

Parabéns pela reportagem. Tenho pena de não ter estado presente e não ver possibilidade de lá ir em tempo real. Também gosto muito da GORONGOZA. É um santuário diferente. Gostaria de abraçar alguns amigos e conhecer outros que aparecem mas não conheço pessoalmente. Em breve voltarei ao PNG. Ver imagens amadoras em www.xirico.com - CAZEVEDO

carlosschmidt said...

Com um relato pormenorizado como tão bem sabe fazer, o nosso amigo "velho" Celestino presenteou-nos com uma demonstração escrita e fotografada do que foi este fantástico encontro na BTL.
Parabens, um abraço e muito obrigado

Carlos Schmidt

Zacarias said...

Comentários para quê!
Fantástico trabalho do nosso "madala"Marrabenta!

Um abraço
Zack

Carlos Manuel said...

FANTASTICO,MARAVILHOSO,HAJA PESSOAS QUE FAZ JUZ AO DINHEIRO QUE TEM POIS APLICA EM ALGO,EM PROL DA COMUNIDADE HUMANA,DOS ANIMAIS,DO UNIVERSO,BEM AJA.LUGAR COMO A GORONGOSA NÃO PODIA FICAR NO ESQUEÇIMENTO,POIS TEM POTÊNCIAL PARA SÊR DOS MELHORES PARQUES DE TODO O CONTINENTE AFRICANO....OBRIGADO